sábado, 14 de maio de 2011

Dois pesos e duas medidas

Em Mateus, 18, 21-35)

Esse sistema de análise de alguns tem matado, a muitos, nos dias de hoje por ser um complexo de sentimentos que, na realidade, nada tem a ver com o perdão.

"Então Pedro, aproximando-se de Jesus lhe perguntou: Senhor, quantas vezes pecará meu irmão contra mim, que lhe hei de perdoar? Será até sete vezes? Respondeu-lhe Jesus: Não te digo que até sete vezes, mas até setenta vezes sete vezes."
"Por isso o Reino dos Céus é semelhante a um rei, que resolveu ajustar contas com os seus servos. E tendo começado a ajustá-las, trouxeram um que lhe devia dez mil talentos. Não tendo, porém, o servo com que pagar, ordenou o seu senhor que fossem vendidos - ele, sua mulher, seus filhos e tudo quanto possuía, e que se pagasse a dívida.

"O servo, pois, prostrando-se, o reverenciava dizendo: Tem paciência comigo, que te pagarei tudo! E o senhor teve compaixão daquele servo, deixou-o ir e perdoou-lhe a dívida. Tendo saído, porém, aquele servo, encontrou um de seus companheiros, que lhe devia cem denários; e, segurando-o, o sufocava, dizendo-lhe: Paga o que me deves! E este, caindo-lhes aos pés, implorava: tem paciência comigo, que te pagarei! Ele, porém, não o atendeu; mas foi-se embora e mandou conservá-lo preso, até que pagasse a dívida.

"Vendo, pois, os seus companheiros o que tinha passado, ficaram muitíssimo tristes, e foram contar ao senhor tudo o que havia acontecido. Então, o senhor chamando-o, disse-lhe: servo malvado, eu te perdoei toda aquela dívida, porque me pediste; não devia também ter compaixão do teu companheiro, como eu tive de ti? E irou-se o seu senhor e o entregou aos verdugos, até que pagasse tudo o que lhe devia.
"Assim também meu Pai celestial vos fará, se cada um de vós do íntimo do coração não perdoar a seu irmão".

No caso do credor incompassivo a complexidade é maior por envolver dinheiro, valores, e muitos não conseguem perdoar quem lhes deve, alguns até amaldiçoam os devedores.

Fonte: Daniel Alves Pena 
"VIVA CADA MOMENTO, POIS ELE É UNICO." RIA, SORRIA, A VIDA É COMO UMA DANÇA... TEM UM COMEÇO, MEIO E FIM!

domingo, 8 de maio de 2011

Valorize sua MÃE!


 Para quem conviveu e convive com uma mãe e conhece o amor materno.
03 anos: mãe eu te amo
11 anos: mãe não me enche
16 anos: minha mãe é tão chata
18 anos: mãe eu quero sair de casa
25 anos: mãe você tinha razão
30 anos: quero voltar para casa da minha mãe
50 anos: eu não quero perder a minha mãe
70 anos: eu abriria mão de qualquer coisa para ter minha mãe aqui comigo.


CAMPANHA: dê valor a sua mãe.
EU DOU VALOR A MINHA!!
MÃE TE AMO!!!

PRA TODAS AS MAMÃES 
FELIZ DIA DAS MÃES!
Repasse se você admira e ama sua mãe, eu amo a minha!!!


"VIVA CADA MOMENTO, POIS ELE É UNICO." RIA, SORRIA, A VIDA É COMO UMA DANÇA... TEM UM COMEÇO, MEIO E FIM!

UM DEFEITO NA MULHER

UM DEFEITO NA MULHER
descubra qual é o seu valor!

Criação Divina

Criação Divina